Óculos que falam e VR com cheiro: os protótipos do Google no Brasil

O The Zoo, time criativo da empresa, desenvolve ferramentas que conectam plataformas digitais e físicas em prol da criatividade

Como conectar tecnologia com necessidades humanas? Essa é uma das perguntas repetidas em eventos e discussões relacionadas à inovação. Esse questionamento também vem sendo feito dentro das empresas de tecnologias que lidam com um grande fluxo de dados.

O Google, por exemplo, mantém uma área chamada The Zoo, especializada em estratégia e conteúdo para comunicação digital. Em relação ao Brasil, o departamento vive uma nova fase que se propõe a criar protótipos de soluções que possam aliar tecnologias de imersão com funções criativas a serem desenvolvidas em conjunto com as agências.

Nos últimos meses, a área vem testando várias funcionalidades que envolvem machine learning, realidade aumentada, realidade virtual e outras tecnologias. “O objetivo é olhar para os temas que estão na ordem do dia no Google e identificar como eles podem gerar projetos criativos, é o caso de machine learning, por exemplo, que vem sendo muito trabalhado pela empresa e serve como base para muitas das soluções que estamos testando”, afirma Caio Franchi, diretor de criação do Google Zoo.

O papel do time, segundo Felipe Morales, diretor de criação, é humanizar algumas tecnologias e tirá-las da teoria. “O objetivo é explorar o potencial de uma plataforma do ponto de vista criativo e oferecer às agências soluções que possam ser úteis para um ou mais clientes”, diz Morales.

Outra definição pela área, dada pelo próprio Google, é que ela funciona como incubadora de ideias que explora tecnologia e conteúdo. Dentro da área foi criado recentemente o projeto Originals que tem como premissa humanizar a tecnologia. Veja alguns dos protótipos já desenvolvidos.

 

Look for me
São óculos escuros inteligentes comandados por voz que são capazes de identificar e descrever roupas e guiar deficientes visuais por lojas.

O Look for Me permite que deficientes visuais obtenham a descrição de produtos

 

Sinestesia
O objetivo é combinar realidade virtual e vídeos imersivos com fragrâncias para gerar experiências sensoriais.

O Sinestesia pode ser aplicado na demonstração de produtos com a inserção de fragrâncias

 

Estradamus
Plataforma web onde os usuários falam para onde e quando querem ir nos feriados. O sistema recomenda o melhor horário para o motorista pegar a estrada. Utiliza machine learning e big data para prever comportamento, hora a hora das estradas no período.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s